ACM Neto diz que centrão não atuará como bloco no 2º turno das eleições presidenciais

O presidente do DEM, ACM Neto, afirmou nesta segunda-feira (8) que o centrão não atuará como bloco no segundo turno das eleições presidenciais.

“Cada partido tomará sua [decisão]”, afirmou à reportagem, quando questionado se o grupo havia chegado a uma decisão sobre apoiar Fernando Haddad (PT) ou Jair Bolsonaro (PSL).

Ele participou de reunião com lideranças partidárias na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para discutir os rumos das siglas que se uniram em volta de Geraldo Alckmin (PSDB) no primeiro turno da disputa.

Além de ACM, participaram da reunião Valdemar da Costa Neto, liderança do PR, o senador Ciro Nogueira (PP-PI), o deputado Paulinho da Força (SD-SP) e o líder do governo Michel Temer na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

Está prevista nova reunião com lideranças do DEM para a manhã desta terça-feira (9). Vários políticos da legenda, como o deputado Onyx Lorenzoni (RS) e Tereza Cristina (MS) apoiam o deputado do PSL.

COMPARTILHAR