Alta cúpula da Rede na Bahia decide por apoio a Haddad

A alta cúpula da Rede Sustentabilidade na Bahia, partido da candidata derrotada à Presidência, Marina Silva, decidiu apoiar o presidenciável Fernando Haddad (PT), na corrida eleitoral deste ano. Em nota, o grupo informou que se posiciona contra “o projeto violento e autoritário” que, segundo ele, está sendo representado pelo candidato Jair Bolsonaro (PSL).

“Diante da incitação sistemática ao ódio, da violência, da tortura, do racismo e discriminação de uma forma geral com comprometimento dos direitos humanos; diante do grave risco de desconstrução das conquistas históricas que afirmam garantias constitucionais e a defesa da democracia. (…) Declaramos voto crítico em Haddad no segundo turno nas eleições presidenciais”, disse.

Nesta quinta-feira (11), a Rede anunciou que não irá apoiar nenhum dos dois candidatos, mas recomendou que os filiados não apoiem Bolsonaro. Ainda de acordo com o partido, ele será oposição ao futuro governo, seja qual for o vencedor da eleição.

COMPARTILHAR