Ciro Gomes ataca a Globo após oficial de justiça notificá-lo de processo dentro de seu camarim

O candidato Ciro Gomes (PDT) reclamou após o debate desta quinta-feira (04) de um oficial de justiça que foi até seu camarim, dentro da TV Globo, para notificá-lo de um processo eleitoral movido por João Doria (PSDB) contra ele. Ciro teria chamado o candidato tucano ao governo de São Paulo de “farsante”.

“A Globo colocou o oficial de Justiça dentro do meu camarim. O Doria conseguiu que uma juíza do Rio de Janeiro mandasse o oficial de Justiça agora, uma hora da manhã, no camarim que a Globo deu, e a Globo deixou o cara entrar, para me notificar de uma ação do Doria contra mim”, disse Ciro.

“Eu chamei [Doria] de farsante. Quando eu penso que ele é mesmo um corrupto”, acrescentou.

Questionado sobre estar em terceiro lugar em pesquisas, atrás de Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), Ciro ainda criticou o voto útil em um dos dois líderes já neste primeiro turno.

“Claro que a Globo gostaria que fosse assim, mas ela felizmente não manda. Tem certa influência, mas não manda”, respondeu.

COMPARTILHAR