Com menos 100 PMs nas ruas, número de homicídios dispara em Salvador e RMS

14 homicídios foram registrados na capital baiana e região metropolitana de Salvador neste final de semana, entre o sábado (05) e domingo (06). A Polícia Civil incluiu na estatística a morte Ebester Alves, 39 anos, que deu entrada no Hospital Geral de Camaçari (HGC) no dia 17 de novembro de 2018, ferido na cidade de Dias D’ávila.

Vale lembrar que o Estado está sem 100 policiais militares. Isso porque o governador Rui Costa autorizou a ida dos policiais para o Ceará, que enfrenta uma onda de violência por parte das facções criminosas.

A maioria das ocorrências foram na capital, com todas as vítimas do sexo masculino e idades entre 17 e 48 anos. Os bairros de Salvador onde ocorreram as mortes são: Rio Sena, São Marcos Fazenda Coutos I, Rótula do Abacaxi, Fazenda Grande do Retiro, Caixa D’água, Pero Vaz, Parque São Cristóvão, Pirajá e Alto da Terezinha. Na RMS, os crimes aconteceram em Dias D’Ávila, com três casos e Candeias.

Os casos serão investigados pelas delegacias territoriais e Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

O número de homicídios – 14 – não era tão alto desde o final de semana dos dias 8 e 9 de dezembro, quando 22 óbitos foram registrados em Salvador e região metropolitana. No final de semana passado, 12 homicídios foram registrados. No anterior, 9. Antes, foram 7.

COMPARTILHAR