Curitiba pede transferência de Lula após homem ser baleado

A Procuradoria-Geral da Prefeitura de Curitiba (PGM) fez um novo pedido, neste sábado (28), à 12ª Vara da Justiça Federal para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seja transferido da Superintendência da Polícia Federal, onde está preso. Na madrugada de sábado, duas pessoas ficaram feridas durante um ataque a tiros no acampamento Marisa Letícia, na rua Padre João Wislinski, em Curitiba. Militantes estão reunidos no local contra a prisão do ex-presidente Lula.

O primeiro pedido por parte da Prefeitura de Curitiba aconteceu no dia 13 de abril. De acordo com o G1, o órgão alegava que o fato de o ex-presidente estar preso na sede da Polícia Federal tem gerado transtornos aos moradores e a funcionários.

O Prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), afirmou que “o local oferece risco, transtorno à população, aos funcionários da própria PF, e atrapalha a rotina de prestação de serviços aos brasileiros que precisam da emissão de passaportes”.

COMPARTILHAR