Flávio Bolsonaro ignora convite do MP para prestar depoimento

O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) ainda não respondeu ao convite do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) para prestar depoimento na quinta-feira (10) sobre a investigação sobre o ex-assessor Fabrício Queiroz. Apesar de ter afirmado que está “à disposição das autoridades” para contribuir com o órgão, o filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) não comunicou quando irá comparecer ao MP para ser ouvido.

De acordo com o jornal O Globo, a solicitação foi encaminhada em 21 de dezembro, quando Queiroz faltou pela segunda vez à oitiva marcada pelo MP-RJ, alegando razões de saúde.

Em entrevista ao SBT dias depois da ausência, o ex-assessor disse ser um “homem de negócios”, o que explicaria a movimentação em sua conta, classificada pelo Coaf de “atípica”. Procurada pela reportagem, a assessoria do senador eleito disse que não conseguiu localizá-lo para responder se ele compareceria ao MP-RJ.

COMPARTILHAR