Fotos de guardas suspeitos de agredir professores viralizam nas redes sociais

Revoltada com a possível agressão a professores municipais que faziam um protesto na frente da Secretaria Municipal de Educação, na manhã desta terça-feira (07), a população está divulgando fotos dos guardas municipais envolvidos na confusão nas redes sociais.

Durante a ação da Guarda Municipal de Salvador, professores ficaram feridos e assustados. Os guardas utilizaram spray de pimenta, gás lacrimogênio e armas não-letais, com bala de borracha.

Nas fotos divulgadas na web, os guardas aparecem ao lado de afirmações sobre o que fizeram durante o ato. Em uma das imagens, aparecem três servidores, e a legenda abaixo: “O do centro apontou a escopeta para professor”.

Além disso, são identificados nas fotos Alisson Carvalho, inspetor geral da Guarda Municipal, e Maurício Lima, da Semop (Secretaria Municipal de Ordem Pública).

A Prefeitura de Salvador informou, através da Secretaria de Comunicação, que não divulga nomes dos guardas envolvidos.

Nesta quarta (08), um dia depois do ocorrido, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), pediu que o caso seja apurado. “Se ficar constatado qualquer excesso, deverão ser tomadas as medidas cabíveis”, afirmou em nota enviada à imprensa.

COMPARTILHAR