Geraldo Alckmin anuncia que PSDB não apoiará nem Bolsonaro nem Haddad

O PSDB decidiu, na tarde desta terça-feira (08), em Brasília, que não irá apoiar nenhum dos dois presidenciáveis, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), na corrida eleitoral deste ano. O anúncio foi feito pelo presidente nacional da sigla, Geraldo Alckmin, que concorreu às eleições, mas foi derrotado.

“O PSDB decidiu liberar os seus militantes e os seus líderes. Nós não apoiaremos nem o PT nem o candidato Bolsonaro. O partido não apoiará nem um nem outro e libera seus filiados e líderes para que decidam de acordo com sua consciência, com sua convicção e com a realidade de seus estados”, afirmou.

COMPARTILHAR