Haddad diz que Bolsonaro ‘treme’ com sua subida nas pesquisas

Na noite desta terça-feira (23), o candidato a presidência pelo PT, Fernando Haddad, afirmou que Jair Bolsonaro (PSL) estaria com medo de sua subida nas pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Ibope. O levantamento de ontem mostrou Bolsonaro com 57% das intenções de voto, contra 43% de Haddad. A pesquisa também mostrou aumento da rejeição ao capitão da reserva. As informações são da Folha de S. Paulo.

Haddad discursou em evento de campanha na Lapa, no centro do Rio de Janeiro. A organização estimou 70 mil pessoas na praça que fica sob os arcos do tradicional bairro carioca. A PM não faz estimativa de público. “No domingo vamos ganhar a eleição, eu não tenho dúvida. Desde ontem eu estou sentindo a virada. Nós vamos começar a subir. Ele vai começar a cair, e vai tremer”, disse.

Haddad ironizou a fala de Bolsonaro que prometeu prisão ou exílio a oposicionistas. Haddad disse que não deseja a prisão do adversário. “Quero que ele viva com saúde para ver o negro na unversidade, as mulheres emancipadas ganhando o mesmo que os homens, os indígenas com suas terras demarcadas e o povo do Nordeste com água, comida, saúde e educação”, disse.

Durante todo seu discurso, Haddad atacou Bolsonaro. Ele reagiu a uma fala de Bolsonaro sobre o Nordeste, afirmando que deveria haver o fim do que ele chamou de “coitadismo”. “Jair, se olha no espelho. O coitado é você. No mano a mano você não é nada”.

COMPARTILHAR