Justiça Eleitoral diz que 369 candidatos desistiram de disputar eleição

A Justiça Eleitoral divulgou que 369 candidatos desistiram de disputar as eleições deste ano em todo o país, segundo a Coluna do Estadão.

De acordo com a publicação, do total, 128 pedidos de renúncia ou de cancelamento de registro de candidaturas foram protocolados por mulheres e 241 por homens.

O ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral e advogado Marcelo Ribeiro disse que, se ficar comprovado que as candidatas que desistiram se inscreveram apenas para ajudar os partidos a atingir a cota de 30% de mulheres, a sigla será punida.

COMPARTILHAR