Moro cancela audiências de testemunhas de caso Lula e questiona greve

MÔNICA BERGAMO – O juiz Sergio Moro cancelou as audiências de testemunhas no caso do sítio atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que estavam previstas para a próxima segunda-feira (28). Um dos ouvidos seria o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

O magistrado concluiu que a greve dos caminhoneiros poderia prejudicar o deslocamento entre as cidades e mesmo dentro de Curitiba, onde o expediente da Justiça Federal chegou a ser cancelado.

“Há um movimento de paralisação de motoristas de caminhões nas estradas brasileiras. Há uma pauta de reivindicação legítima da respeitável categoria e que deve ser avaliada pelas autoridades competentes. No entanto, o prolongamento excessivo da paralisação e que inclui o questionável bloqueio de rodovias tem gerado sérios problemas para a população em geral, com prejuízos principalmente para o abastecimento de alimentos e combustíveis nas cidades.”

COMPARTILHAR