Morre padre atacado por homem com facão na porta de casa em Feira de Santana

O padre Carlos Vianei, que foi atacado com golpes de facão na porta de casa na Bahia, morreu na tarde de sexta-feira (27), na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. Ele estava internado há mais de um mês.

O velório foi feito na manhã deste sábado (28), na igreja onde ele ministrava as missas. O corpo dele será levado para o município de Tanquinho, onde será sepultado.

O padre ficou internado em estado grave, chegou a ter evolução no quadro de saúde, mas sofreu um infarto na tarde de sexta e não resistiu.

Segundo a polícia, ele foi atacado por Raimundo Marcos Vieira Bento, de 33 anos, no dia 23 de março. Raimundo foi detido em flagrante e levado para o Complexo de Delegacias do Sobradinho.

Raimundo foi transferido para uma cela especial do Presídio de Feira de Santana, onde continua detido neste sábado. Com a morte do padre Carlos Vianei, Raimundo pode responder por homicídio em vez de tentativa de homicídio.

De acordo com a polícia, ele deve ser submetido a exames de sanidade mental, que devem determinar se ele continuará na unidade, ou se será levado para um hospital psiquiátrico.

COMPARTILHAR