Pedro Irujo é sepultado no Jardim da Saudade

Políticos, empresários, artistas, profissionais das comunicações e familiares estiveram na tarde desta sexta-feira, 15, no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador, prestando a última homenagem ao ex-deputado e empresário Pedro Irujo. Espanhol naturalizado brasileiro, Irujo faleceu aos 88 anos, em decorrência de complicações respiratórias, após sofrer cirurgia para tratar de uma fratura no fêmur provocada por uma queda.

Empresário bem sucedido no setor de transportes, na indústria e no turismo e sócio-controlador da TV Itapoan, repetidora do Sistema Brasileiro de Televisão, e da Rádio Sociedade da Bahia S.A., Irujo teve atuação importante no processo de redemocratização do país. Na Bahia enfrentou com coragem o então adversário, o ex-senador e ex-ministro Antonio Magalhães, com quem mais tarde viria as se reconciliar.

Irujo iniciou a vida política em 1980, foi delegado nacional do PMDB e eleito deputado federal em 1990 pelo extinto Partido de Renovação Nacional (PRN), sendo reeleito. Também disputou a prefeitura de Salvador.

Emocionado, o filho Luis Pedro Irujo, que foi deputado estadual entre 1987/1990 e disputou o governo do Estado, discursou comovido sobre pai. Ele destacou o papel importante de Irujo na política na Bahia e falou das suas qualidades como pai, avô e empresário.

Entre os políticos que foram se despedir de Pedro irujo estavam os senadores Roberto Muniz (PP) e Lídice da Mata (PSB), que definiu Irujo como “visionário” e que teve participação decisiva na eleição de Waldir Pires ao governo estadual, em 1986, e de Fernando José à prefeitura de Salvador, em 1988.

Peemedebistas históricos como o ex-senador Ruy Bacelar e o ex-deputado federal Genebaldo Correia falaram emocionados do amigo. “Foi um grande empreendedor, uma perda grande para a economia e a política da Bahia”, disse Genebaldo.

Deputados federais como Nelson Pelegrino (PT) e João Bacelar (PR), o presidente da Assembleia Legislativa, Ângelo Coronel (PSD), o presidente estadual do PTC, Rivailton Pinto e o ex-prefeitos João Henrique e Manoel Castro compareceram ao velório. O prefeito ACM Neto divulgou nota em solidariedade à família.

Cantores da axé music, como Bell e Ricardo Chaves marcaram presença, assim como comunicadores que trabalharam nas empresas de Irujo, como Walter Jr., Djalma Costa Lino, Cristóvão Rodrigues, Kátia Guso, Varela e Leleco Jr.

COMPARTILHAR