Polícia apreende 1.205 munições, estojos e espoletas em Irecê

Flagrante ocorreu no Mercadão e o dono do box utilizado para armazenar o material foi preso em flagrante.

Aproximadamente 1.205 munições, estojos, espoletas, caixas com pólvora, entre outros materiais foram apreendidos, na manhã desta sexta-feira (17), por equipes da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Irecê), no Mercadão. O dono do estabelecimento utilizado para armazenar o material foi preso em flagrante e autuado na Delegacia Territorial do município.

Investigadores do Serviço de Inteligência (SI) da 14ª Coorpin receberam uma denúncia, no dia 9 de novembro, falando sobre o armazenamento e venda de munições e outros materiais. Os policiais passaram a fazer o acompanhamento da atividade e capturaram em flagrante Valmir Maurício da Silva, proprietário do box nº 54/55. Ele será indiciado por comércio ilegal de arma de fogo.

No local foram encontrados 356 munições dos calibres 36, 32, 28, 20, 24, 380, 22 e 12, além de 305 caixas de estojos, 67 caixas de espoletas e 357 frascos de pólvora. “Estamos fechando o cerco contra criminosos que se intitulam empresários, montam estabelecimentos, até então, acima de qualquer suspeita, e de maneira clandestina produzem materiais ligados a armamentos”, afirmou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Flávio Góis.

Lembrou que no início deste mês, na cidade de Eunápolis, extremo sul da Bahia, uma megaoperação apreendeu um arsenal de munições. “A população pode e deve ajudar a polícia. Denuncie que vamos até o fim atrás deles”, concluiu o delegado.

COMPARTILHAR