Rede nega Bolsonaro e ainda discute ‘apoio crítico’ a Haddad

Uma nova rodada de reunião entre líderes da Rede Sustentabilidade, nesta terça-feira (9), deve definir o caminho que o partido tomará no segundo turno das eleições presidenciais de 2018.

Com o martelo batido sobre o não apoio a Jair Bolsonaro (PSL), a legenda de Marina Silva discute agora em que termos apoiará ou não a candidatura de Fernando Haddad (PT) ao Planalto. “Nosso posicionamento é de ‘não’ a candidatura de Bolsonaro e a discussão é sobre um ‘apoio crítico’ ao PT. A Rede é espaço de discussão”, declarou uma interlocutora do partido

COMPARTILHAR